The Power of Solitude: Taking Time to Reset | Goodlife Zen

“You Deserve Some Solitude Life has gotten too complicated to not reserve some time to ourselves and our thoughts every once in a while. It is not just about being alone. It’s about being disconnected from life and consciously connected with your thoughts. For those of you who claim you don’t have time for it,…

"É tão fácil errar."

Difícil é admitir que se errou e aprender/crescer com o erro!Há por aí tantas pessoas que não sabem nem crescer nem admitir!É pena…Por mais difícil que seja já aprendi a supera-los com inteligência, pedir desculpa, admitir e crescer!Crescendo e aprendendo 😀 e como dizia o “outro”:“Pedras no caminho?Guardo-as todas.Um dia vou construir um castelo” Construirei…

O sentido critico é muito importante! Parte I: Radiações!

Bom..seguem agora uma serie de posts que já há muito tempo deviam ter sido redigidos!Hoje em dia as pessoas estão a ficar “confusas” com o excesso de informação que para ai anda (muita da informação esta a tornar-se obsoleta).Muitas delas, porque não tiveram formação, outras porque a tiveram e não têm sentido critico, não conseguem…

My Brilliant Brain

Aconselho vivamente a verem… Já la vão uns aninhos que vi isto recomendo uns momentos de qualidade a verem pessoas completamente extraordinárias, vejam todos são todos geniais!Tenho saudades destes tempos 😀 “My Brilliant Brain” featuring Susan Polgar http://bit.ly/8XGytd National Geographic Documentary (Delirei tanto a ver isto…)

Só tenho isto para dizer…

“A Moral não me ajuda. Sou antagónico nato. Sou uma daquelas pessoas que são feitas para excepções, não para regras” [Oscar Wilde] Não sou perfeita, estou bem longe disso e não o tenciono ser…Sou feliz, sou diferente, sou eu e cada dia mais eu porque tenho pessoas realmente diferentes, especiais, boas, gente que faz a…

Lua…

Porque amo a lua, porque sempre namorei as estrelas…Tenho, uma relação muito séria de 10 anos com a minha lua!Só a ela confesso todas as minhas mágoas, todas as minhas alegrias, depois de ter perdido a minha pequenina, só ela me conhece plenamente e percebe todas as minhas lágrimas… Em África, ai que saudades, aprendi…

A queimar pestanas…

É tarde, o estudo continua…Tenho que lutar para poder vencer!O que me mantêm com esperança é poder, um dia, vir a ser alguém e ao olhar para trás orgulhar-me do caminho que percorri! Quando todos vão dormiré mais fácil desistir.Quando a noite esta a chegaré difícil não chorar. Amo esta musica, seria um ‘crime’ não…

Meu doido coração aonde vais,No teu imenso anseio de liberdade?Toma cautela com a realidade;Meu pobre coração olha que cais! Deixa-te estar quietinho! Não amaisA doce quietação da soledade?Tuas lindas quimeras irreais,Não valem o prazer duma saudade! Tu chamas ao meu seio, negra prisão!Ai, vê lá bem, ó doido coração,Não te deslumbres o brilho do luar!……