Sou Eu

Sou eu, eu mesmo, tal qual resultei de tudo,
Espécie de acessório ou sobressalente próprio,
Arredores irregulares da minha emoção sincera,
Sou eu aqui em mim, sou eu.

Quanto fui, quanto não fui, tudo isso sou.
Quanto quis, quanto não quis, tudo isso me forma.
Quanto amei ou deixei de amar é a mesma saudade em mim.

E, ao mesmo tempo, a impressão, um pouco inconseqüente,
Como de um sonho formado sobre realidades mistas,
De me ter deixado, a mim, num banco de carro elétrico,
Para ser encontrado pelo acaso de quem se lhe ir sentar em cima.

E, ao mesmo tempo, a impressão, um pouco longínqua,
Como de um sonho que se quer lembrar na penumbra a que se acorda,
De haver melhor em mim do que eu.

Sim, ao mesmo tempo, a impressão, um pouco dolorosa,
Como de um acordar sem sonhos para um dia de muitos credores,
De haver falhado tudo como tropeçar no capacho,
De haver embrulhado tudo como a mala sem as escovas,
De haver substituído qualquer coisa a mim algures na vida.

Baste! É a impressão um tanto ou quanto metafísica,
Como o sol pela última vez sobre a janela da casa a abandonar,
De que mais vale ser criança que querer compreender o mundo —
A impressão de pão com manteiga e brinquedos
De um grande sossego sem Jardins de Prosérpina,
De uma boa-vontade para com a vida encostada de testa à janela,
Num ver chover com som lá fora
E não as lágrimas mortas de custar a engolir.

Baste, sim baste! Sou eu mesmo, o trocado,
O emissário sem carta nem credenciais,
O palhaço sem riso, o bobo com o grande fato de outro,
A quem tinem as campainhas da cabeça
Como chocalhos pequenos de uma servidão em cima.

Sou eu mesmo, a charada sincopada
Que ninguém da roda decifra nos serões de província.

Sou eu mesmo, que remédio! …

Álvaro de Campos, in “Poemas”
Heterónimo de Fernando Pessoa
Poema: Sou Eu – Álvaro de Campos – Poesia / Poemas no Citador

Posted using ShareThis

Advertisements

One Comment Add yours

  1. Nyx says:

    És a minha prova viva de que, quando as pessoas são transparentes e o que transparece é bom, é fácil nos darmos gratuitamente e gostarmos delas. És a prova de que, quando o coração fala mais alto, a amizade é sempre muito bonita e resiste à distância e à ausência física.Na sinceridade mostraste-me o teu pequeno grande coração, e entraste no meu de mansinho, ao som de uma pauta musical de ritmos quentes e convidativos. Conto com a tua presença no meu dia-a-dia, para me amparar nos tropeços da vida e festejar comigo as maravilhas que o mundo e as pessoas têm para oferecer. A minha vida é bem melhor, desde que sei que estarás sempre presente.Para ti desejo um arco-íris de luz e cor, com um pote de ouro a transbordar de amor e paz, como os que levas à vida de todos os que passam por ti.Muito mais fica por dizer. O resto digo-te baixinho, por entre sorrisos que brilham por tu existires nesta minha vida.P.S Parabéns minha estrelinha =) ADORO-TE!

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s