L-O-L…eu não sou atrelado de ninguem!

Estava com uma raiva louca, serio…como é possível as pessoas não perceberem o nosso valor e rebaixarem-nos com uma frase, meras palavras?!
Foi o que senti hoje, quando ao dar uma boa noticia…sim porque é uma boa notícia, porque eu não fui uma cabra, fui uma pessoa decente e fiz o que devia ser feito, fiz o certo, o bonito, sem ficar com os louros, sem ficar/roubar a noticia para mim…e ainda me senti rebaixada…tipo, ‘sempre podes ficar com os restos…’

Pode não ter significado realmente isso, pode ter sido a raiva que me cegou e só me deixou ver aquilo que as tuas atitudes tem demonstrado…mas doeu esse tipo de golpe de misericordiosa, essas palavras que menosprezaram minha inteligência (ou pseudo inteligência se quiseres) ou o meu trabalho (aqui não é pseudo, é trabalho a sério, com a parte má e a parte boa, não só com o boa da coisa)…sei lá!
Talvez o facto de sentir uma enorme falsidade nas tuas palavras, talvez por já saber de tanta coisa que me magoa, talvez por me arrepender de um dia te ter tido como uma pessoa muito importante, uma das únicas pessoas às quais eu confiava a minha vida e de, de repente, saber que tudo não passava de uma ilusão…que a amizade não era sincera…muito menos verdadeira!
Adorava estar completamente errada, e que fosse ‘obrigada’ a pedir um pedido de desculpas ‘publico’ e dizer que afinal era amizade…verdadeira e sem qualquer segunda intenção!
O que me custou mais?O tempo ter surgido, vindo de…não sei onde, ou melhor…dum interesse e não da preocupação!

Eu vou conquistar o mundo com os meus braços, com a minha luta, com o meu sangue, as minhas lágrimas e o meu suor, não por coisas feias, não para ser o reboque de ninguém, não vou!
Vou lutar, vou ser Feliz, vou mostrar que consigo…vou gritar bem alto, foi por mim, foi com a minha luta, foi limpo…foi jogo Limpo!
Vou conseguir conquistar a minha mãe, a minha mana, o meu pai, o meu avô, avó, os meus verdadeiros amigos! Vão ter orgulho em mim, vou conquistar esse orgulho, vou merecer, ainda vou ouvi-los dizer que tem orgulho em mim pelo que sou e pelo que conquistei!

Não me vão menosprezar…não o vão fazer mais!

E no fim de contas, quem me tirou toda esta raiva de cima?!
Todo este sentimento feio?
Quem mais, a minha Nyx!
Com uma simples conversa, tu consegues roubar todos estes sentimentos feios e manda-los para bem longe!
A conversa flui e os sentimentos desvanecem…
Obrigado és, acima de tudo, a melhor amiga que eu podia desejar!
Orgulho-me da pessoa que és, muito!
Desculpa…desculpa por ser bruta, refilar contigo, só me apetecer bater-te quando tu dizes disparates, refilar contigo porque temos pontos de vista diferentes, mas ambas queremos converter a outra à nossa opinião – esse vai ser o seguite obstáculo a contornar…aprender a não refilar tanto, sendo bruta e deixar de dizer: ‘não vale a pena Nyx…não vou discutir isso contigo, não vale a pena’- desculpa…desculpa ser bruta, refilona, rabujenta (e TPM à mitura…faz estes defeitos todos crescerem exponencialmente)…desculpa e obrigado por me aturares mesmo assim!

Hoje ‘vi’ uma péssima notícia…uma menina linda, pequenina e lutadora esta prestes a, mais uma vez, lutar contra o tal monstro que devora todos os nossos sentidos, que nos deixa indefesos e frágeis…custou-me tanto…doí tanto…e eu não posso fazer nada…nadinha!

As vezes sinto-me triste, perdida sem vontade de continuar…é difícil, custa…mas tu és uma das que me faz continuar…tu deixas-me completamente indefesa quando me magoas com um simples suspiro, mas num êxtase, uma felicidade incomparável quando sorris, quando deixas, de dentro do teu esconderijo, sair um raio de sol!
E hoje…acho que saíram uns raiozinhos tímidos que, por acaso, já tinham dado o ar da sua graça há umas semaninhas…estou tão feliz por ti…
És o meu grande orgulho, sempre foste a minha loirinha lutadora e vencedora!

Há duas pessoas que me fazem uma falta imensa…uma que conheci e foi tudo para mim, a minha melhor e única amiga até à uns tempinhos atrás, a minha pequenina, a minha Gypsy…e alguém que nunca conheci, mas com que falo regularmente, a quem peço ajuda nos momentos mais negros, a quem peço protecção e sabedoria pra mim e protecção e força para quem mais amo…ele é muito importante para mim, o meu avô….
É nos dias em que me custa respirar, é nos dias em que coração doí mais que a cabeça e nos dias que a felicidade parece que me vai fazer explodir, que o coração parece que vai sair do peito, é em todos esses dias que me lembro e que os queria ter do meu lado…porque me fazem tanta falta.
É por pensar neles e por ter pessoas que amo demais que, as vezes (regularmente), vou com um sorriso tolo na rua à espera de contagiar alguém, ou que estou a cantar e dançar feita doida no carro e, de repente, dou por mim parada no semáforo e com o condutor do carro ao lado a olhar, estupefacto, pra mim…é por vocês e por todos aqueles que me fazem sofrer que sou como sou e quero ser, a cada dia que passa, uma pessoa melhor. Não com o olhar triste, mas com o olhar sonhador e feliz duma criança!

Que post confuso, com tanto sentimentos contraditórios, é assim que me sinto…confusa e caótica…com o humor a melhorar…acho eu…

Advertisements

One Comment Add yours

  1. Nyx says:

    Uma brisa de longe tráz um grito de dessespero… Será que é o fim ou será que vamos chegar lá?!… A esperança grita com força no meu peito! …Num dia O Mundo dá 100 voltas para ovirem o grito do amor.

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s